Rob e Kris Addict:

sábado, 5 de novembro de 2011

Entrevista da Kristen para a Vogue Itália

Sobre os seus pais trabalharem na indústria: Os meus pais trabalham no cinema e na televisão, eles costumavam levar-me para o trabalho deles, onde eu via pessoas de todas as idades a representarem, até mesmo crianças: eu percebi logo aquilo que eu queria fazer.

Sobre ela gostar de brincar no set: Há muito tempo livre, tenho de me divertir de alguma forma!

Onde é que ela gostaria de aterrar se o Capitão Kirk a levasse a viajar no tempo: Pelos anos 1948 e 1950, porque assim poderia ouvir o jazz, os blues e o bepop da geração Beat.

Sobre a sua Branca de Neve: Sim, é uma Branca de Neve muito original, uma guerreira que até veste uma armadura!


A cena da praia que ela gravou para SWATH: Sim, essa é a cena em que finalmente estou livre depois de fugir da Rainha Má. Eu adoro o vestido, é giro! Vesti-lo ajudou-me a entrar na personagem. O peso da armadura, por exemplo, ajudou-me a perceber os obstáculos que a Branca de Neve teve de encontrar para escapar do seu destino. O cabelo também é fundamental para este papel. Eu tenho extensões, o meu cabelo é mais curto, chega-me aos ombros, mais ou menos. A cor também não é minha. Desde que comecei a representar, nunca tive a cor natural do meu cabelo, que é castanho claro. Mas não faz mal, é divertido vermo-nos de forma diferente quando nos olhamos ao espelho.



Que tipo de roupas é que ela veste:
Eu adoro vestir roupas femininas, mas depois, no dia-a-dia, quando estou em Los Angeles, em casa, prefiro estar confortável. Visto que, quando estou longe, como é o caso, eu levo todo o tipo de roupas, para a noite também, porque posso vir a usá-las.

Quanto tempo é que demora a arranjar a mala: Eu sou muito organizada. Só tenho de abrir o meu guarda-roupa e escolher. Mas vejam, mesmo que traga montes de roupa comigo, acabo sempre assim: uma camisola, uns jeans e uns sneakers.

Sobre fazer exercício físico e manter-se em forma: Eu sou magra por natureza. Somos todos assim na minha família, por isso não faço muito exercício nem entro em dietas. Faço todo o exercício que preciso no set. Neste momento, por exemplo, para fazer a Branca de Neve eu nunca paro: eu corro, salto, luto com espadas, ando a cavalo… faço todo este tipo de coisas! Até já cheguei a lesionar-me! Mas não foi grave.

A sua energia no set: É verdade, eu não tenho falta de entusiasmo. Se há alguma coisa para fazer, eu digo: ‘Vá lá, do que é que estamos à espera? Vamos lá’ Porque sou eu que tenho a iniciativa. Esta forma de fazer as coisas ajuda-me sempre a manter a energia em cima. Eu gosto de entrar em coisas novas.

Os seus projectos futuros: Neste momento, não está nada certo. Vou ter a oportunidade de voltar a casa, para a minha família, e apreciar algum tempo livre. Isso, por agora, são as minhas férias ideais. Eu viajei pelo mundo por causa do meu trabalho, às vezes sem mesmo perceber onde é que estava. Eu gosto de viajar, mas agora, preciso de recarregar as minhas baterias.

Que tipo de actriz é que ela é: Eu não sou aquele tipo de actrizes que se preparam maniacamente a elas próprias para um papel. No set, eu faço o que tenho a fazer, mas é dia após dia. Se tenho de improvisar, eu improviso, se tenho de dizer as minhas falas na ponta da língua, eu digo. Existem alguns guiões que são tão bonitos, que só precisam de ser repetidos tal como estão, sem nenhuma mudança. Eu vivo o momento.

Porque é que adora o seu trabalho: Porquê se preocupar depois de um trabalho feito? Eu adoro o meu trabalho e quero aproveitá-lo ao máximo. Nunca vou parar de dizer isto. Visto de fora pode parecer um conto de fadas, e talvez até seja; mas há um enorme compromisso e alguns sacrifícios. Eu, por exemplo, adoro dormir, mas todas as manhãs tenho de me levantar muito cedo para ir para o set. Eu sou muito preguiçosa, eu levanto-me e vou feliz para o trabalho. O mais importante é perceber que o ser actriz é uma profissão como outra qualquer. Um trabalho que nos permite reinventar a nós próprios, viver novas emoções e expressar a nós próprios, mas que não nos faz diferentes ou especiais. De qualquer forma, eu sei que sou sortuda, porque o que acontece quando estamos a representar é extraordinário. Às vezes somos tão levados pelos nossos personagens da história, que corremos o risco que nos perdermos a nós próprios. Isso aconteceu-me quando eu filmei o “Speak”. Eu fiz de uma rapariga introvertida que decide não falar com ninguém, nunca mais. O seu silêncio é a forma como ela se defende das outras pessoas: dos colegas de escola dela, dos seus professores, da sua família e até mesmo dela. No fim, foi difícil deixar aquele silêncio confortável que tinha criado para mim mesma. Com silêncio estamos em paz e até os nossos pensamentos são mais organizados, é extraordinário e muito difícil de explicar. Também vivi uma experiência interessante no “On The Road”, onde faço de Marylou: eu explorei a liberdade de viver “com o pé na estrada”, mentalmente e fisicamente. É disso que estou a falar, a magia de representar.

Que desejo faria, se tivesse oportunidade: Não me perguntem sobre desejos! Quando estou em frente ao meu bolo de anos, com todas as velas acesas, e todos me lembram de pedir um desejo, eu esqueço-me de tudo. Eu penso: o que é que vou desejar?, e nada me surge na cabeça. Depois fecho os olhos, respiro fundo e o desejo é feito. Eu não sei muito bem o que é que acontece comigo, mas é isso que acontece: respirar é a chave para perceber o que realmente quero.

Se tem algum desejo para o seu trabalho:
Eu poderia desejar tudo. Eu recebo muitas ofertas de trabalho, propostas que costumam ser interessantes. A sério, eu não sei o que desejar… não tenho nenhum papel em particular que gostasse de fazer ou um realizador com quem gostasse de trabalhar. Eu deixo as coisas correrem por si.


Via

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Para deixar um comentário selecione um dos perfis na barrinha ao lado de comentar como! Se você não tem nenhuma conta de perfil e quer comentar é simples clique em nome e Url , coloque seu nome ou apelido e não precisa por nenhum url se desejar escreva seu comentário e clique em postar!Também temos a opção de anônimo.Então fiquem a vontade para comentar :)